Tags

,

O prefeito Antônio Carlos Pannunzio assinou, na manhã desta quarta-feira (19), o decreto nº 21.519, que permite ao Centro Cultural Quilombinho a construção de uma sede em um terreno concedido pela Prefeitura de Sorocaba no Jardim Paulista, Zona Norte da cidade.

A solenidade aconteceu no gabinete do prefeito, no 6º andar do Palácio dos Tropeiros, reunindo a deputada estadual Maria Lúcia Amary, a presidente do Fundo Social de Solidariedade (FSS), Maria Inês Moron Pannunzio, o ator sorocabano Paulo Betti, padrinho do projeto, os secretários da Educação, José Simões, e da Cultura, Jaqueline Gomes, além de toda a diretoria da entidade.

Idealizado pelas educadoras Marilda Aparecida Corrêa e Rosângela Cecília da Silva Alves, fundado em 26 de abril de 2003, o Quliombinho atende diretamente a 60 crianças e adolescentes e a outros 800 indiretamente, desenvolvendo atividades que proporcionam a conscientização sobre seus direitos e deveres, bem como a identificação da história de seus ancestrais, para que possam melhorar sua autoestima e resgatar valores. O projeto chegou a funcionar nas dependências do Clube 28 de setembro e, atualmente, a sede está localizada na casa onde nasceu o ator Paulo Betti, na Vila Leão.

“Quero dizer da minha alegria de recebê-los aqui. Parabenizo toda a diretoria, em nome da Rosângela e Marilda, por terem tido um momento de inspiração para levar adiante este projeto. Este decreto é o reconhecimento de um trabalho social de resgate de identidade ligada às raízes de todos os brasileiros. Tenho certeza de que o Quilombinho dará continuidade e ampliará o trabalho magnífico que realizam”, destaca Pannunzio.

O Quilombinho, através de seu trabalho, incentiva o aprendizado da cultura afro-brasileira, por meio de atividades como: dança, musicalização, teatro, cine clube, cidadania, artesanato, pintura, capoeira, percussão, esporte, Maracatu, entre outros.

“É um momento de conquista. A escolha desta data para a assinatura do decreto também é muito simbólica. Amanhã é Dia da Consciência Negra e Sorocaba está tendo a consciência de reconhecer que o trabalho que o Quilombinho é importante para a cidade. A cessão do terreno é um marco para nós e para Sorocaba. Com a nova sede poderemos ampliar o nosso trabalho e, com certeza, a comunidade sempre sentirá orgulho do Centro Cultural Quilombinho”, afirma Rosângela Alves.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias