Tags

, ,

A deputada estadual reeleita para 2015, Maria Lúcia Amary (PSDB), foi a única ouvida pela reportagem que defendeu o novo Plano Diretor de Sorocaba. Segundo ela, a proposta do prefeito Antonio Carlos Pannunzio (PSDB) “não se resume a números” e prevê um desenvolvimento sustentável da cidade.

“Sorocaba tem um papel de liderança regional. Dentro deste conceito é fundamental que haja em quaisquer propostas de desenvolvimento que venham a ser discutidas conexões com os planos de meio ambiente, de saneamento, mobilidade e transporte urbano, de habitação interesse social e de resíduos sólidos, entre outros, o que ocorre plenamente no projeto enviado à Câmara.

Afora isto, é importante frisar que o plano proposto foi discutido em quatro audiências com a população, em reuniões técnicas com entidades de classe, como engenheiros, arquitetos, empresários, moradores de bairros, e com organismos do governo. Nesses debates foram apresentadas 259 propostas de aprimoramento ao texto e desse total foram acolhidas 44% das contribuições”, argumenta.

Maria Lúcia destaca que é “inevitável” que Sorocaba tenha um crescimento populacional considerável na próxima década, argumento utilizado como justificativa para mostrar sua posição favorável às mudanças no zoneamento previstas. “Mais que isto ainda, é importante observar que estudos da Unicamp, em relação às desigualdades e indicadores para as políticas sociais, revelam a necessidade de Sorocaba se preparar para o crescimento demográfico, tendo em vista a sua capacidade de atratividade. Basta verificar a sua pujança na atividade industrial. Não prever esse crescimento seria irresponsabilidade”, diz. Ela considera, ainda, que a cidade está preparada, na questão de infraestrutura, para o avanço no número de habitantes previsto para os próximos anos.

Os deputados federais Jefferson Campos (PSD) e Iara Bernardi (PT) foram procurados, via assessoria de imprensa, porém não responderam aos questionamentos da reportagem. O deputado estadual Carlos Cézar (PSB) e o ex-prefeito e deputado federal eleito Vitor Lippi (PSDB) também foram contatados e não retornaram.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios