Tags

,

Sou absolutamente a favor do uso da Tribuna Livre da Câmara de Vereadores e sempre estou atento àquelas entidades que nela se manifestam. Sempre. Se o contrário fosse, eu negaria minhas origens e lutas.

Como cristão e cidadão atuante em minha comunidade, sempre lutei em favor de meu povo e da democracia. Continuo minha atuação política, agora dentro do Legislativo Sorocabano, com o eterno espírito de líder comunitário, que defende em primeiro lugar o povo e suas melhores instituições democráticas.

O uso da Tribuna Livre é um instrumento excelente para a população manifestar-se diretamente à Câmara e aos cidadãos que assistem às sessões, tanto àqueles que estão presentes no plenário, quanto àqueles que estão em suas residências. A Tribuna Livre garante voz ao cidadão e sua entidade, e maior capacidade de se comunicar com a sociedade e suas instituições, dentre elas a própria imprensa.

O que eu disse à imprensa sorocabana é que o Regimento Interno não obriga o vereador a permanecer em plenário enquanto uma pessoa se manifesta na Tribuna. Jamais quis dizer que o vereador não é obrigado a ouvir o cidadão. Particularmente, estou sempre à disposição dos cidadãos para ouvi-los, e não somente quando usam a Tribuna Livre, mas em todas as ocasiões.

Por essas razões, peço aos amigos cidadãos que me desculpem se não me fiz entender aos órgãos de imprensa. Garanto que minha consciência está tranqüila, como sempre, porque defendo os melhores princípios Cristãos, Constitucionais e Comunitários, que garantem a liberdade de expressão e o direito do cidadão de se manifestar e lutar por mais segurança, saúde, educação e lazer.