Tags

Os atendimentos, programas e ações da rede municipal de saúde poderão ser divulgados na rede mundial de computadores (Internet). É o que prevê projeto de lei de autoria do vereador Marinho Marte (PPS), que entra em primeira discussão na sessão ordinária desta terça-feira, 31, da Câmara Municipal.

“O objetivo dessa proposta é propiciar o máximo de transparência na saúde pública do município, garantindo o controle social do setor”, explica Marinho Marte (PPS). Para o vereador, a participação da sociedade na fiscalização da saúde poderá contribuir para a melhoria do atendimento nas unidades de saúde do município.

O projeto de lei prevê que a Prefeitura será obrigada a divulgar, em seu portal oficial, informações referentes ao atendimento de saúde em cada unidade de saúde; especialidades oferecidas e horário de atendimento em cada unidade; número de médicos e enfermeiros lotados em cada unidade, bem como o número de faltas mensais por funcionário.

Também deverão ser divulgados o número de consultas realizadas, mensalmente, por especialidade em cada unidade de saúde; o número de óbitos ocorridos no período, incluindo suas causas; o estoque de medicamentos detalhado, inclusive informando quais estão em falta em cada unidade de saúde; quanto foi aplicado em termos de recursos financeiros e auditorias iniciadas e concluídas no período.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba