Tags

, ,

Por sete votos a favor e onze contrários, os vereadores rejeitaram o relatório final da CPI do Sorocaba Total na sessão desta quinta-feira (27).

A CPI apontou para a utilização inadequada do empréstimo realizado pela CAF (Corporação Andina de Fomento) por parte da gestão de Vitor Lippi (PSDB), prefeito à época.

Diversas obras que estavam previstas no contrato do empréstimo não foram concluídas.

O vereador Carlos Leite (PT) criticou na tribuna a interferência de Lippi no trabalho da CPI. “É evidente que ficou muito claro a arrogância e o possível poder que o ex-prefeito acha ter sobre essa Casa legislativa. É evidente que o ex-prefeito Vitor Lippi tem chamado inúmeros vereadores para conversar antes de qualquer votação.

Se eu como presidente da CPI da Água achar que não é necessário ele [Lippi] vir na CPI da Água, ele vai interferir porque não foi chamado. Oras, cadê a autonomia da CPI? Eu fico indignado de saber que o ex-prefeito se sinta tão poderoso de querer interferir na nossa ação. Isso é inadmissível”, declarou Carlos Leite.

Com essa decisão, os membros da CPI encaminharão o relatório para o Ministério Público e demais órgãos que acreditarem pertinentes.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios