Tags

,

A arrecadação federal de impostos na região de Sorocaba – que abrange ainda outros 51 municípios – atingiu um montante de R$ 9,623 bilhões em 2013, de acordo com a delegacia da Receita Federal do Brasil em Sorocaba.

O valor representa um aumento nominal – sem descontar a inflação – de 8,3%, o equivalente a um crescimento na arrecadação de impostos da ordem de R$ 739 milhões em relação a 2012, quando o total arrecadado foi de R$ 8,883 bilhões.

Apenas no mês de dezembro, segundo a Receita Federal, a arrecadação foi de R$ 912.955.507.

O valor ficou 19% acima do registrado em novembro, quando foram arrecadados R$ 767.031.965 em impostos, o que significou uma queda de 16% em relação a outubro. Já na comparação com dezembro de 2012, a arrecadação no último mês de 2013 teve um aumento de 4,7%.

De acordo com o delegado da Receita Federal em Sorocaba, Francisco José Branco Pessoa, os principais tributos arrecadados em dezembro, em termos de valor, foram a contribuição previdenciária, com R$ 440.953.724, a Contribuição para Financiamento da Seguridade Social (Cofins), que rendeu R$ 146.322.583 e o Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), com R$ 116.369.017.

Houve crescimento, de acordo com o delegado, na arrecadação da Cofins e do IPI.

“Os destaques positivos no mês de dezembro de 2013 foram o incremento de R$ 140.241.688 na arrecadação da contribuição previdenciária, o equivalente a 46,6% de aumento, e o incremento de R$ 13.817.791 na arrecadação da Cofins, o equivalente a 10,4% de aumento.”

O aumento na arrecadação no mês de dezembro, explica o delegado, foi impulsionado pela elevação no montante arrecadado na contribuição previdenciária, justificada pelo recolhimento dos valores relativos ao décimo-terceiro salário.

Francisco destaca, ainda, que “a influência das receitas extraordinárias referentes à adesão aos parcelamentos de débitos da Lei nº 12.865, de 2013, foi pequena na região.”

Com a medida, que beneficia produtores fornecedores independentes de cana-de-açúcar afetados por condições climáticas adversas, “o montante arrecadado foi de R$ 1,663 milhão em 2013.”

Projeção 2014: O delegado da regional de Sorocaba da Receita Federal, Francisco José Branco Pessoa, afirma que “pode-se dizer que a perspectiva é positiva, de crescimento da arrecadação em 2014.”

Ele deiz que as desonerações que ocorreram em 2013, em parte, incidiram na redução da arrecadação deste ano, “como no caso do IPI para veículos e eletrodomésticos”, ele conclui.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul