Tags

,

Cerca de 60% dos imóveis em Sorocaba amanhecerão hoje, último dia do ano, sem água de rua. O rompimento de uma tubulação que faz a interligação entre duas adutoras na região do Votocel, na estrada Miguel Afonso Ferreira de Castilho (Votorantim-Piedade), provocou o desabastecimento na cidade, na tarde de ontem.

O sistema deverá ser normalizado a partir de amanhã, primeiro dia de 2014. Entretanto, segundo informa a assessoria de comunicação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae), em razão do tempo necessário para a recuperação do nível nos reservatórios, a falta de água ainda será sentida ao longo da semana.

Assim, a autarquia orienta a população a manter as caixas d”água dos imóveis com capacidade suficiente para o período e a fazer uso racional da água.

Não haverá reflexos da falta de água nas regiões do Éden, Cajuru, Aparecidinha e Brigadeiro Tobias, que são abastecidas por outro sistema produtor: a Estação de Tratamento de Água “Engenheiro Celso Eufrásio Monteiro” (ETA-Éden). A estação é servida por poços artesianos, portanto não haverá problema de abastecimento relacionado à paralisação da ETA-Cerrado. Moradores de Votorantim também não sofrerão com a falta de água em razão desse problema, conforme informações da operadora local, a Águas de Votorantim. A cidade vizinha é abastecida por outras linhas de distribuição de água.

De acordo com a assessoria de comunicação do Saae de Sorocaba, a autarquia verificou um pequeno vazamento ontem numa inspeção diária e, após isto, técnicos foram ao local, mas o problema já havia tomado outras proporções devido à corrosão na tubulação de aço que capta a água da represa do Clemente e transporta para a ETA-Cerrado. Uma equipe do Saae passou a noite e a madrugada de hoje no local para reparar a tubulação, mas havia a necessidade de interrupção do abastecimento de água bruta da estação pela adutora de 800 milímetros de diâmetro. Essa linha foi fechada e esvaziada no trecho do vazamento para que a manutenção fosse realizada. Tal manobra prejudicou o abastecimento na cidade desde ontem, mas que será sentido nesta terça-feira, pois todos os reservatórios amanheceram com os níveis de água bem abaixo do normal.

De hoje até amanhã, segundo a autarquia, deverá ocorrer a recuperação dos níveis dos reservatórios, porém, no primeiro dia do ano pode haver falta de água durante alguns horários nos bairros cujo abastecimento é mais crítico. Prevendo dificuldades na distribuição de água também nos dias subsequentes à intervenção, visto que é necessário aquele espaço de horas para que o sistema seja totalmente recuperado, a autarquia orienta a população a economizar água.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul

Anúncios