Tags

,

O Ambulatório Médico de Especialidades (AME) de Sorocaba é o segundo maior do Estado.

Com quase 3 mil metros quadrados, o prédio fica na esquina da Gustavo Teixeira com a Guaicurus, na Vila Independência, e começou a funcionar nesta segunda-feira (23), parcialmente. Abre de segunda a sexta-feira, das 7h Às 19h.

O investimento do governo do Estado foi de R$ 6,9 milhões e a inauguração contou com a presença do governador Geraldo Alckmin (PSDB).

Por ano o governo estadual gastará R$ 11 milhões no custeio do funcionamento da unidade, que será administrada pelo Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci).

Os AMEs são unidades de alta resolutividade, com modernos equipamentos, que oferecem consultas, exames e, em alguns casos, cirurgias em um mesmo local, proporcionando maior rapidez ao diagnóstico e ao tratamento dos pacientes, desafogando os hospitais.

A unidade local receberá pacientes encaminhados pelos municípios da região. “Esse AME é fruto de uma grande parceria.

A Prefeitura comprou o prédio, de 3 mil m2 e reformou. O Estado equipou e contratou a Organização Social (OS) responsável pela gestão. A partir de hoje, nós podemos atender a população em 23 especialidades”, afirmou Alckmin.

Referência para atendimento em 10 municípios (Araçoiaba da Serra, Capela do Alto, Ibiúna, Iperó, Piedade, Pilar do Sul, Santo de Pirapora, Sorocaba, Tapiraí e Votorantim) onde habitam 977,4 mil pessoas, o novo AME oferecerá as seguintes especialidades médicas: acupuntura, alergologia, cirurgia plástica, cardiologia, cirurgia vascular, dermatologia, endocrinologia, endocrinologia infantil, gastroenterologia, ginecologia, obstetrícia de alto risco, hematologia, infectologia, mastologia, nefrologia, neurologia, neurologia infantil, oftalmologia, ortopedia, otorrinolaringologia, pneumologia, proctologia e reumatologia. No AME devem ser realizados 78,8 mil atendimentos por ano.

Serviços: O AME Sorocaba terá cronograma de implantação gradativa dos serviços, até atingir sua capacidade plena.

O prédio abriga 19 consultórios médicos e três não-médicos, além de 17 salas para exames, duas de curativo, uma de medicação, três para procedimentos, uma de enfermagem e uma para repouso/observação.

O ambulatório contará com exames de apoio diagnóstico: como audiometria/imitanciometria, cistoscopia, colposcopia, eletrocardiograma, eletroencefalograma, ecocardiografia/doppler, ultrassonografia, eletroneuromiografia, endoscopias, espirometria, mamografia, nasofibroscopia, holter/mapa, radiologia simples, teste ergométrico, estudo urodinâmico e exames oftalmológicos.

Também será possível a realização de pequenas cirurgias (biópsias, procedimentos dermatológicos, punção aspirativa da mama por agulha fina e grossa e outros) e de serviços não-médicos, como nutrição e psicologia.

Transporte de pacientes: Durante o evento, o governador entregou 11 novas vans para a região de Sorocaba.

As unidades, adquiridas pela Secretaria de Estado da Saúde, serão doadas paras as prefeituras e devem ser utilizadas para o transporte de pacientes entre unidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Receberam os veículos os municípios de Itararé, Jumirim, Nova Campina, Pilar do Sul, Porto Feliz, Quadra, Riversul, São Miguel Arcanjo, Sarapuí, Tapiraí e Taquarivaí.

As vans, de marca Fiat Ducato, são específicas para usuários do SUS não acamados e cada uma conta com 16 lugares.

No total, a Secretaria da Saúde investiu R$ 913 mil na aquisição dos veículos e de equipamentos, ou R$ 83 mil por van. Todos os veículos são entregues emplacados, documentados e com um ano de revisão incluso, sem custo adicional ao município.

Para receber os veículos, os municípios devem ter menos de 50 mil habitantes e estar com a documentação em dia, sem pendências na prestação de contas.

As prefeituras contempladas puderam escolher entre o recebimento de ambulâncias ou vans.

A operação dos veículos e a disponibilização de equipe médica cabem aos municípios.

Fonte: Jornal Cruzeiro do Sul