Tags

Em mais uma ação contra o comércio ilegal de CDs, DVDs, jogos e softwares pirateados, a Prefeitura de Sorocaba promoveu na manhã desta segunda-feira (9) a destruição de mais de 101 mil mídias apreendidas pelo setor de fiscalização entre os meses de janeiro a outubro deste ano.

De acordo com o diretor da área de fiscalização, Rubens Costa Júnior, o número de mídias destruídas neste ano foi 40% superior ao que foi apreendido em todo o ano de 2012.

“Em grande parte, isso é o reflexo das ações da Operação Delegada, que vêm sendo deflagrada desde meados do ano por meio de parceria com a Polícia Militar”, ponderou o diretor da área de fiscalização.

As mídias foram apreendidas, em grande maioria, nas fiscalizações realizadas em algumas regiões com forte potencial comercial da cidade, além de feiras livres e a Feira da Barganha.

Nenhum dos infratores foi detido, pois abandonaram os produtos ao notarem a presença e a atuação das equipes de fiscalização e da Polícia nos locais.

A destruição das mídias foi acompanhada de perto pelo prefeito Antonio Carlos Pannunzio, pela vice-prefeita Edith Di Giorgi, pelo Tenente-coronel Roberto Suganuma, comandante do 7º Batalhão de Polícia Militar em Sorocaba, além dos secretários municipais de Governo e Segurança Comunitária, João Leandro da Costa Filho, da Fazenda, Aurílio Caiado, da Educação, José Simões, além do secretário Chefe do Gabinete do Poder Executivo, Rodrigo Maldonado.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios