Tags

Os 409 homens e mulheres, que compõem a Guarda Civil Municipal de Sorocaba (GCM), concluíram, na última sexta-feira (25), um Curso de Capacitação e Aperfeiçoamento.

O curso visa à requalificação dos profissionais e em atendimento ao Decreto Federal 5.123/04, que regulamenta o Estatuto do Desarmamento e dispõe como requisito obrigatório que o Guarda Municipal esteja, no mínimo, 80 horas por ano em sala de aula, para obter o direito de portar arma de fogo.

Para o Comandante Geral da GCM, Benedito Zanin, o curso não visa simplesmente satisfazer a lei. Mais importante do que isso, a requalificação objetiva, simultaneamente, oferecer conhecimento e observar o resultado daquilo que é apreendido pelos agentes.

“Buscamos a otimização na realização do serviço público de segurança comunitária prestado pela Guarda Municipal, que vai desde a mediação de um conflito, à detenção de um delinquente em flagrante, ou até mesmo a realização de um parto, como já ocorreu diversas vezes”, enfatizou Zanin.

O curso foi ministrado por integrantes da própria corporação, com formações específicas que vão desde o Bacharelado até o Doutorado nas áreas previstas na Matriz Curricular da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp).

São matérias aplicadas que correspondem à Cultura e Conhecimentos Jurídicos, Direitos Humanos, Ordenamento de Trânsito, Procedimentos Operacionais, Emprego de Armas Letais e Não-Letais, Polícia Comunitária, Pronto-Socorrismo e Prevenção a Incêndio, dentre outras.

Com isso, a realização do curso por instrutores da própria corporação, de forma autossuficiente, ainda garante economia aos cofres públicos municipais e, além, promovem uma interação ainda maior entre seus integrantes.

Desta vez, a GCM de Sorocaba também contou com a participação dos agentes da Guarda Civil Municipal da cidade de Mairinque que, mediante dificuldades nas questões relacionadas à capacitação obrigatória, puderam conhecer um pouco mais do processo de qualificação dos guardas municipais.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias