Tags

O vice-líder do governo na Câmara, Waldomiro de Freitas (PSD), criticou o SAAE (Serviço Autônomo de Água e Esgoto), na sessão desta terça-feira (20), por recomendar a moradores do Jardim Simus que construam fossas.

“Não consigo aceitar uma postura como essa. Se fosse um bairro distante, não era coerente, mas passava. Agora, este fica na região central de Sorocaba e a rede de coleta de esgotos está próxima do local em questão”, afirmou.

A queixa foi expressa também em um requerimento que o vereador apresentou ao prefeito Antônio Carlos Pannunzio (PSDB), no qual cobra providências para o esgoto a céu aberto na rua paralela à Alameda Primavera.

Waldomiro de Freitas relata no documento que o esgoto está atingindo cursos de água e área de preservação nessa região do Jardim Simus, na zona oeste de Sorocaba, o que é mais uma preocupação para o poder público.

“O mau cheiro é horrível. Não bastassem os riscos de doenças e os danos que o esgoto “in natura” causa à área, a situação daquelas pessoas é desumana e cruel. O poder público precisa agir com urgência”, diz o vereador.

Bem perto de onde estão os moradores da área e do local onde estão os cursos d’água, há ainda um depósito irregular de lixo, que acaba ajudando no aparecimento e na proliferação de animais rasteiros e peçonhentos.

Para o vereador, Sorocaba não pode viver com a contradição de investir dezenas de milhões para a despoluição total do Rio Sorocaba e, ao mesmo tempo, manter situações degradantes de saneamento como a do Jd. Simus.

Fonte: Câmara Municipal de Sorocaba

Anúncios