Tags

Conhecer a realidade de profissionais brasileiros nas áreas públicas e privadas. Essa foi a razão da visita que cinco norte-americanos fizeram na manhã desta terça-feira (30) ao prefeito Antonio Carlos Pannunzio.

Integrantes do Programa de Intercâmbio de Grupos de Estudos do Rotary, a corretora de planos de saúde Karen Hebert, a enfermeira Denise Carstensen, a psiquiatra Melissa Bleiler, o técnico de Informática Mike Morris e o analista de recursos humanos Michael Haven, se surpreenderam ao saber que Pannunzio, ainda quando era engenheiro, passou uma temporada em Wisconsin, estado de origem do grupo.

 

Animadamente, conversaram sobre as características de Appleton, onde se hospedou, e riram sobre a dúvida do prefeito à época, acerca de Green Bay localidade que, pelo nome, referenciaria uma área litorânea, quando, na verdade, é uma cidade banhada pelo Lago Michigan.

Explicando sobre administração pública, o prefeito lembrou que o Brasil foi um dos primeiros países a aderir ao presidencialismo, sistema adotado também pelos Estados Unidos.

De acordo com a responsável pelo intercâmbio, Andréa Catel, o programa proporciona um ótimo conhecimento acerca do país, seus costumes e cultura, além de propagar a paz e a compreensão entre os povos.

Os intercambistas também visitaram uma Estação de Tratamento de Água (ETA) do Saae, foram conhecer o Parque Tecnológico e visitaram áreas da Educação.

No roteiro de um mês pelo Brasil, os visitantes ainda conhecerão Tatuí, Olímpia e Avaré, todas no Estado de São Paulo.

Na contrapartida do programa, cinco brasileiros embarcam nesta terça-feira (30) para Wisconsin, onde ficarão pelo mesmo período dos colegas estadunidenses.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios