Tags

,

Com o objetivo de implantar nas escolas municipais a “Horta Educativa”, projeto do Fundo Social de Solidariedade do Estado de São Paulo, é que se formou um grupo de trabalho que está estudando os mecanismos e caminhos necessários para viabilizar o projeto na cidade.

O grupo, composto pelo Fundo Social de Solidariedade Municipal e as Secretarias da Educação, Parcerias, Meio Ambiente e Desenvolvimento, realizou a segunda reunião na manhã de desta segunda-feira (29), com a técnica do Fundo Social de São Paulo, Patrícia Poluceno, que explicou em detalhes como funciona o projeto que, em 2012, foi implantado em 100 municípios paulistas por meio de convênio.

Voltado para crianças de 4 a 8 anos, o Horta Educativa visa transmitir conceitos, teóricos e práticos, de educação ambiental, nutricional e valorização do meio rural via horticultura, e tem como proposta ser um instrumento pedagógico para a compreensão da relação meio ambiente e alimentação saudável.

Por meio do Programa, as escolas interessadas recebem capacitação e a visita de um técnico da Secretaria de Estado da Agricultura e Abastecimento, executor do projeto.

As escolas participantes recebem então um kit instrumental (com pá, enxada, sementes e sementeiras, ratelo etc) e apostilas para a parte teórica.

Uma reunião com os diretores das escolas municipais, que atendem crianças de 4 a 8 anos, será agendada para apresentação do projeto e inscrição das interessadas, já que não existe número mínimo para receber o projeto.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias

Anúncios