Tags

, , ,

A criação do partido MD (Mobilização Democrática) – fusão entre  PPS e PMN – deve mexer com os políticos locais. O primeiro sinal de que isso vai ocorrer foi dado na sessão de ontem na Câmara de Sorocaba.

O vereador Marinho Marte, que fez parte do PPS, já recebeu convite para mudar de legenda. “Fui convidado pelo vereador Irineu Toledo para ir para o PRB”, conta.

No entanto, a ida dele ao PRB faz parte de um projeto muito maior e visa às eleições municipais de 2016, tendo-o como candidato a prefeito “Os integrantes do partido autorizaram que eu fizesse esse convite e a proposta”, diz Irineu Toledo.

Federal: Marinho Marte também tem a garantia do PRB de sair candidato a deputado federal em 2014. “O Celso [Russomano] vai sair candidato a deputado federal e deve puxar outros candidatos por causa do grande número de votos”, calcula Irineu Toledo.

Assim, para ele, o colega Marinho tem grandes chances de se eleger no ano que vem. “Acredito que ele, com 50 mil votos, está eleito.”

Mesmo não sendo eleito deputado federal, Marinho tem a garantia de sair candidato a prefeito em 2016. “Isso foi o que me disseram e me autorizaram a falar. Seria algo novo para Sorocaba”, diz Irineu Toledo.

Cautela: Marinho Marte, por sua vez,  comentou que é preciso  cautela neste momento. “Primeiro vamos ver o que vai acontecer com esta fusão.”

Segundo ele, ainda é  preciso conversar com a cúpula do PRB. “Preciso falar com o Russomano e também com Marcos Cintra [presidente estadual do PRB]”, adianta.

Marinho revelou  ter convites de outros partidos e que, por isso, vai analisar todo o cenário político.

Esperar: Já Luis Santos, que faz parte do PMN, disse que é preciso esperar um comunicado oficial. “Já tive convite de cinco partidos, mas vou esperar”, acrescenta.

Ele já se lançou candidato a deputado estadual e vai aguardar para ver como fica a situação da MD. “Preciso saber quem está neste partido e quais as nossas chances.”

Presidentes: O presidente do PMN em Sorocaba, Hudson Nilton Ramos, participou da reunião, anteontem à tarde, para fusão do partido e revelou  que  deve ser presidente da MD.

Já o presidente do PPS, João Paulo Corrêa, também  aguarda comunicado. “Não tenho nenhuma definição”, diz.

Processo de registro já foi iniciado: Os dirigentes da MD iniciaram o processo de registro da legenda em cartório, com toda a documentação necessária, como determina a legislação eleitoral.

30 dias é o prazo após o registro definitivo do partido para detentores de mandato migrem  à nova legenda

Podem ficar sem partido e esperar : Já no caso de Marinho Marte e Luis Santos eles tem um privilégio. Como houve uma fusão, PPS e PMN deixam de existir. Portando, eles estão sem partido e podem analisar os convites feitos.

Fonte: Jornal Bom Dia Sorocaba