Tags

,

Nesta semana, de terça a quinta-feira (dias 16, 17 e 18), a vice-prefeita de Sorocaba e secretária das pastas da Cidadania (Secid) e Juventude (Sejuv), Edith Di Giorgi, participará do I Seminário Internacional “Marco Legal da Primeira Infância”, no auditório Nereu Ramos, na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF).

Entre os especialistas conferencistas estão James Heckman, Prêmio Nobel de Economia; Michel Boivin, professor de Psicologia na Universidade Laval de Quebec; e Mary Young, Consultora Internacional de Saúde Global e Desenvolvimento Infantil.

Iniciativa da Câmara dos Deputados, da Frente Parlamentar Mista da Primeira Infância e da Rede Hemisférica de Parlamentares e Ex-Parlamentares pela Primeira Infância, o encontro reunirá gestores públicos, parlamentares, acadêmicos, especialistas e representantes de organizações ligadas ao tema para discutir os avanços e desafios do Brasil e de outros países no que se refere às políticas públicas para crianças de zero a seis anos.

A meta é de que as discussões e experiências promovam a elaboração de um marco legal que articule políticas educacionais, sociais e de saúde voltadas à atenção integral de qualidade às crianças dessa faixa etária, tanto no Brasil quanto em outros países.

“Vamos discutir os avanços surgidos nas políticas públicas para a primeira infância e como podemos evoluir mais e garantir ações ainda mais efetivas, considerando que esse é um período fundamental para as crianças desenvolverem o seu potencial”, destaca Edith Di Giorgi. “Essa é uma grande causa que todos nós devemos lutar e acredito que podemos sair de lá com novas ideias para nosso município”, afirma.

Entre os eixos temáticos estão: melhoria na formação e contratação dos cuidadores, como educadores e babás; conscientização dos pais e cuidadores sobre a importância não apenas dos cuidados médicos e biológicos, mas do afeto como estímulo das habilidades cognitivas, sociais e emocionais do bebê; e a presença de visitadoras capacitadas nos lares para ajudar os pais a desenvolverem as competências do bebê.

Durante o encontro também será abordada a elaboração de leis que respeitem a relação da criança com o espaço urbano e o meio ambiente, inibindo o confinamento em espaços reservados, limitando o direito ao lazer; e a regulamentação da publicidade voltada à criança nos meios de comunicação, especialmente da televisão.

O seminário conta com apoio da Secretaria de Assuntos Estratégicos, a Secretaria de Direitos Humanos, os Ministérios da Educação, da Saúde e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, a Organização dos Estados Americanos (OEA), a Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e a Fundação Bernard van Leer.

Fonte: Agência Sorocaba de Notícias