Tags

, ,

O vereador Rozendo de Oliveira, mais conhecido como Coronel Rozendo, foi eleito pelo PV (Partido Verde), nas eleições de 2008, com 3.247 votos, para o seu primeiro mandato.

Não foi reeleito em 2012, teve 2.842 votossendo suplente.

O vereador gastou do orçamento legislativo a quantia de R$ 41.686,01 na apresentação de 103 (quatrocentos e sessenta e uma) proposições, sendo aprovadas 37 (cento e cinquenta e três) proposições durante o seu mandato de 2009 até 2012.

Gastos de Gabinete do vereador de 2009 / 2012

Gastos de Gabinete do vereador de 2009 / 2012

Proposições do vereador entre os anos de 2009 – 2012

Proposições do vereador entre os anos de 2009 – 2012

Abaixo descriminamos todos os gastos e produção legislativa de 2009 / 2012:

Rozendo de Oliveira nasceu em 30 de dezembro de 1946, no bairro da Barra, na cidade de Cunha, em São Paulo. Teve a infância e juventude voltadas para a agropecuária e produtos hortifrutigranjeiros, com atuação em todos os setores de exploração da terra. Frequentou escolas rurais até a fase ginasial, quando mudou-se para a cidade.

Por opção, após servir o Exército Brasileiro, ingressou na então Força Pública do Estado, depois transformada em Polícia Militar, começando como soldado. Devido às oportunidades que a Corporação oferece aos seus membros, em pouco tempo galgou as graduações de Cabo, 3º Sargento e 2º Sargento. Em 1986 foi promovido a 2º Tenente; em 1992, a 1º Tenente. Em 1996 foi elevado à patente de Capitão. Em 1999, a Major e, em 2001, a Tenente-Coronel.

Possui cursos de especialização na Polícia Militar, é bacharel em Ciências Contábeis e também especializou-se na área da saúde e gerenciamento de Planos de Saúde, na Agência Nacional de Saúde (ANS). Atua na comunidade nas áreas de educação, saúde, meio ambiente, moradia e regularização de posse.

Na legislatura de 2012, fez parte da Comissão de Educação, Saúde Pública e Juventude e da Comissão Comissão de Ética e Decoro Parlamentar.

Nas eleições de 2008, arrecadou R$ 17.789,01 em doações de campanha.

Durante o seu mandato de 2011 até 2012, o vereador gastou o valor de R$ 41.686,01 de despesas de gabinete.

As Despesas de Gabinete de cada vereador são formadas por quatro quesitos:Xerox (Aluguel de Máquina Repográfica), Combustível, Materiais de Escritórios e Postagens (Selos para correspondência), conforme aResolução n.º 304, de 17 de Junho de 2005 e Resolução n.º 312, de 05 de Dezembro de 2006.

As Despesas de Gabinete do vereador em Sorocaba, no ano de 2009 foi de R$ 7.527,37, em 2010 foi de R$ 9.020,61, em 2011 foi de R$ 1.084,72, em 2012 foi de R$ 12.121,43, totalizando os gastos do seu mandato (2009/2012) no valor de R$ 41.686,01.

Sendo gastos em seu mandato, o valor de R$ 8.662,72 em Xerox; R$ 11.403,15 em Combustível; R$ 19.917,73 em Materiais de escritórios; e R$ 1852,45 em Selos, durante o seu mandato de 2009 / 2012.

Total dos Gastos de Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Total dos Gastos de Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

No quesito Gastos com o aluguel de Máquina Repográfica (Xérox), o vereador gastou no ano de 2009 foi de R$ 2.213,28, em 2010 foi de R$ 2.213,28, em 2011 foi de R$ 2.554,12, em 2012 foi de R$ 1.682,04, totalizando os gastos do seu mandato (2009/2012) no valor de R$ 8.662,72.

Total dos Gastos de Xerox no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Total dos Gastos de Xerox no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

No quesito Gastos de Combustíveis”, o vereador gastou no ano de 2009 foi de R$ 1.501,69, em 2010 foi de R$ 2.568,78, em 2011 foi de R$ 4.582,36, em 2012 foi de R$ 2.750,32totalizando os gastos do seu mandato (2009/2012) no valor de R$ 11.403,15.

Total dos Gastos de Combustíveis no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Total dos Gastos de Combustíveis no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

No quesito Gastos com Materiais de Escritórios”, o vereador gastou no ano de 2009 foi de R$ 3.783,40, em 2010 foi de R$ 4.268,69, em 2011 foi de R$ 5.762,27, em 2012 foi de R$ 6.103,37totalizando os gastos do seu mandato (2009/2012) no valor de R$ 19.917,73.

Foi o vereador que mais gastou no mês de Novembro (R$ 1.177,86) de 2012.

Total dos Gastos de Escritórios no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Total dos Gastos de Escritórios no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

No quesito Gastos com Selos para Correspondência (Postagens)”, o vereador gastou no ano de 2009 foi de R$ 29,00 em 2010 foi de R$ 119,905, em 2011 foi de R$ 117,85, em 2012 foi de R$ 9.163,60, totalizando os gastos do seu mandato (2009/2012) no valor de R$ 1.585,70.

Foi o vereador que menos gastou de Fevereiro até Agosto de 2009, de Outubro até Dezembro de 2009; de Janeiro até Abril de 2010, em Junho, Agosto e Novembro de 2010; em Janeiro, Março, Junho, Julho, Setembro e Dezembro de 2011; em Fevereiro, Julho até Dezembro de 2012, neste quesito, com R$ 0,00.

Total dos Gastos de Postagens no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Total dos Gastos de Postagens no Gabinete do Vereador no mandato de 2009 / 2012

Já a sua produção legislativa durante o seu mandato (2009 / 2012), foram apresentados 103 proposições, sendo 6 proposições em 2009, 18 proposições em 2010, 15 proposições em 2011 e 64 proposições em 2012.

Proposições apresentadas durante o mandato (2009/2012) do vereador

Proposições apresentadas durante o mandato (2009/2012) do vereador

O vereador apresentou 103 (cento e três) proposições, sendo que foram aprovadas 37 (trinta e sete) proposições durante o seu mandato:

Proposições apresentadas e aprovadas durante o mandato (2009/2012) do vereador

Proposições apresentadas e aprovadas durante o mandato (2009/2012) do vereador

Em 2009, foram apresentados 2 (dois) Projetos de Decreto Legislativo e 4 (quatro) Projetos de Lei Ordinária, sendo aprovados 2 (dois) Projetos de Decreto Legislativo e 1 (um) Projeto de Lei Ordinária. Projetos em Tramitação são 5 (cinco) Projetos de Lei e 1 (um) Projeto de Resolução. Projetos Arquivados foram 1 (um) Projeto de Lei.  Projetos em Tramitação foram 2 (dois) Projetos de Lei.

Proposições apresentadas durante o mandato 2009 do vereador

Proposições apresentadas durante o mandato 2009 do vereador

Em 2010, foram apresentados 1 (um) Projeto de Decreto Legislativo, 16 (dezesseis) Projetos de Lei Ordinária e 1 (uma) Moção, sendo aprovados 1 (um) Projeto de Decreto Legislativo e 6 (seis) Projetos de Lei Ordinária. Projetos em Tramitação são 10 (dez) Projetos de Lei. (Não contabilizamos a Moção como aprovado devido não estar disponível esta informação).

Proposições apresentadas durante o mandato 2010 do vereador

Proposições apresentadas durante o mandato 2010 do vereador

Em 2011, foram apresentados 3 (três) Projetos de Decreto Legislativo, 11 (onze) Projetos de Lei Ordinária e 1 (uma) Moção, sendo aprovados 2 (dois) Projetos de Decreto Legislativo e 10 (dez) Projetos de Lei Ordinária. Projetos em Tramitação são 1 (um) Projeto de Lei e 1 (um) Projeto de Decreto Legislativo. (Não contabilizamos a Moção como aprovado devido não estar disponível esta informação).

Proposições apresentadas durante o mandato 2011 do vereador

Proposições apresentadas durante o mandato 2011 do vereador

Em 2012, foram apresentados 6 (seis) Projetos de Decreto Legislativo, 21 (vinte e um) Projetos de Lei Ordinária e 37 (trinta e sete) Requerimentos, sendo aprovados 6 (seis) Projeto de Decreto Legislativo e 10 (dez) Projetos de Lei Ordinária. Projetos Arquivados foram 2 (dois) Projeto de Lei. Projetos Tramitando são 9 (nove) Projetos de Lei.

Proposições apresentadas durante o mandato 2012 do vereador

Proposições apresentadas durante o mandato 2012 do vereador

Veja as Proposições apresentadas em 2012: https://nave.wordpress.com/2012/10/03/fiscalize-o-seu-vereador-coronel-rozendo-e-a-sua-producao-legislativa/;

Veja as Proposições aprovadas em 2012: https://nave.wordpress.com/2012/10/03/fiscalize-o-seu-vereador-coronel-rozendo-e-a-sua-producao-legislativa-aprovada/;

Polêmicas: Em 2010 votou a favor do aumentou do próprio salário em mais de 90 %, que passaria de R$ 7.800 (sete mil e oitocentos reais) para R$15.000 (quinze mil reais), a partir de 2013, revogado em sessão extraórdinária em 04/01/2011.

Em 2011 votou a favor da criação do sexto cargo de assessor, que custou quase R$ 1 milhão a mais por ano do orçamento municipal.

Recebeu um salário mensal de R$ 8.886,71 (Oito mil e oitocentos e oitenta e seis reais e setenta e um centavos) e teve seis assessores. Um é o chefe de gabinete que recebe R$ 4.488,13 (R$ 3.205,81 de salário base + R$ 1.282,32 de 40%  de gratificação) e os outros são assistentes parlamentares com remuneração de R$ 3.590,50 (R$ 2.564,64 de salário base + R$ 1.025,86 de 40%  de gratificação) por mês.

Possui Site: http://www.vereadorcoronelrozendo.com.br e Facebook:http://www.facebook.com/vereadorcel.rozendo.

Fonte: Site da Câmara Municipal de Sorocaba