Tags

,

Por unanimidade, a emenda que prevê a inclusão do Hospital Municipal de Sorocaba à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO 2013), de autoria do vereador Izídio de Brito (PT), foi aprovada durante a votação do projeto em primeira discussão.

A proposta do novo hospital na LDO vem de encontro com um projeto de lei de iniciativa popular em prol de sua construção e implantação apresentada à Câmara Municipal no início do mês. Esse projeto tem a adesão de 26.584 moradores eleitores de Sorocaba.

A necessidade de um hospital municipal gratuito exclusivo para os sorocabanos foi questionada pela primeira vez por Izídio em maio do ano passado, através de requerimento ao Executivo. Já em junho, a proposta foi aprovada na Conferência Municipal de Saúde por todos os participantes que debateram os problemas do atendimento na ocasião.

O vereador petista também é autor de uma emenda à LDO 2012 que prevê a construção do hospital municipal, aprovada em junho do ano passado. Porém, a emenda não foi executada pelo prefeito Vitor Lippi (PSDB). Izídio apresentou ainda uma emenda ao Orçamento deste ano sobre o mesmo tema, mas a proposta foi arquivada em plenário pela maioria dos vereadores.

“Agora, com o apoio popular ao novo hospital, pretendemos apresentar e aprovar essa proposta não só na 2ª discussão da LDO, mas também no orçamento municipal e no plano plurianual, para garantirmos recursos para os estudos, a construção e a implantação da unidade municipal”, explica Izídio.

Outras emendas:  Além da emenda que prevê a construção do hospital municipal, Izidio aprovou nesta manhã outras 24 emendas e teve apenas uma arquivada pela duplicidade de proposta.

Entre as demais emendas, o petista trata de investimentos e melhorias em diversas áreas da saúde, educação, qualificação profissional, habitação, infraestrutura, coleta seletiva, esporte, trânsito, cultura, combate às drogas e farmácia popular.

“Com as nossas emendas hoje aprovadas, buscamos estabelecer os setores que não poderão deixar de serem atendidas no próximo ano, como investimentos em mais creches, moradias populares e infraestrutura de diversos bairros”, esclarece o autor das emendas.

LDO 2013:  O projeto de lei de autoria do Executivo estabelece as diretrizes para o orçamento do município em 2013 estimado em R$ 1,775 bilhão. A proposta foi aprovada por unanimidade com 30 emendas dos parlamentares, sendo 25 delas de autoria de Izídio, uma de Luis Santos (PMN) e as demais de Ditão Oleriano (PMN).

De 30 de maio a 05 de junho corre o prazo para apresentação de novas emendas em segunda discussão. A votação dessas propostas acontecerá no dia 19 de junho.

Fonte: Assessoria de Imprensa do vereador Izídio de Brito Correia por e-mail

Anúncios