Tags

, , , , ,

Hoje, dia 27, às 14h, no Fórum de Sorocaba, os vereadores Izídio de Brito (PT) e Anselmo Neto (PP) estarão protocolando no Ministério Público uma representação onde solicitam a adoção de medidas cabíveis ao órgão referentes à legalidade da avaliação psicológica aplicada pela Fundação da Universidade Estadual paulista – Vunesp, contratada pela Prefeitura do Município de Sorocaba para a realização do concurso público 11/2011.

O concurso trata do provimento de vagas para os cargos de Diretor de Escola, Orientador Pedagógico, Professor de Educação Básica II – Educação Física, Professor de Educação Básica II – Geografia, Professor de Educação Básica II – História, Professor de Educação Básica II – Português, Professor de Educação Básica II – Química, Supervisor de Ensino e Vice-Diretor.

Na representação, os vereadores citam o fato de haver um número exagerado de “inaptos”, chegando a mais de 60% dos candidatos, na última fase das provas do Concurso. Explicam também que receberam inúmeras das denúncias que “a nosso ver, são graves e merecem um olhar mais atento quanto aos acontecimentos que comprometem a vida profissional de muitos candidatos que se submeteram a avaliação, inclusive servidores no exercício dos cargos a que concorreram, ou seja, atuando na Administração há anos e, curiosamente, foram reprovados na fase dos testes psicológicos”.

Segundo os parlamentares, declarações de candidatos que receberam da VUNESP a devolutiva do teste psicológico constatam que havia laudos com datas anteriores a aplicação dos testes. E, na avaliação dos testes, os pesos das avaliações foram diferentes dos publicados no Edital, conforme declaram algumas candidatas, que tiveram acesso aos próprios testes.

Os vereadores Anselmo Neto e Izídio de Brito fazem parte de uma comissão formada na Câmara pela presidência da Casa de Leis na última segunda-feira, dia 25, junto dos parlamentares João Donizeti (PSDB), Rozendo de Oliveira (PV) e Neusa Maldonado (PSDB).

Fonte: Site da Câmara Municipal de Sorocaba (Assessoria de Imprensa do Vereador Izídio de Brito)

About these ads